Seja bem-vindo!
Meu Cadastro Meus Pedidos Minha Compra 0 itens
Home Conselhos Editoriais Notícias Lançamentos Fale Conosco
 
 << Voltar
As Historiadoras e o(s) Gêneros(s) Na Escrita Da História
As historiadoras e os Gênero(s) na Escrita da História Volume 2
Diogo Roiz, Rebeca Gontijo, Tânia Zimmermann.
ISBN: 978-65-86089-35-6
Formato: 16 x 23 | Acabamento: Brochura
Páginas: 16 x 23 | Ano: 2023 | Edição: 1
Idioma: Português
Preço: R$ 0,00

Uma Geração de Pesquisadoras que Consolidou os Estudos Hístóricos no Brasil

 

 

Sinopse:

Como estrangeiro fiquei agradavelmente surpreso ao saber que houve tantas pioneiras no estudo da história brasileira. Foi uma boa ideia torná-las objeto desse ambicioso e minucioso estudo coletivo, remediando a negligência anterior de suas contribuições, combinando informações de uma ampla gama de fontes – especialmente memórias, autobiografias e entrevistas – e mostrando consciência dos problemas da escrita de biografias intelectuais. Os três volumes farão um trabalho de referência extremamente útil, bem como fornecerão material para responder à pergunta se as mulheres fizeram uma contribuição distinta, bem como uma contribuição significativa para o conhecimento histórico. Seria bom ver volumes semelhantes sobre as pioneiras femininas no estudo da história britânica, de Catherine Macaulay no século XVIII até hoje. Peter Burke

 

 

SOBRE A ORGANIZAÇÃO

 

Diogo da Silva Roiz é Professor Associado na Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS), e autor de O curso de Geografia e História da FFCL/USP e a constituição de um campo disciplinar em São Paulo (Alameda, 2020). Suas pesquisas tem se preocupado com a constituição do campo disciplinar da História no Brasil, a história de historiadores e historiadoras, a formação do ofício de historiador e a história da historiografia.

 

Rebeca Gontijo é Professora Associada do Departamento de História, do Programa de Pós-Graduação em História e do PROFHISTÓRIA da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro. Autora de O velho vaqueano. Capistrano de Abreu (7 Letras, 2013).

 

Tânia Zimmermann é Professora Associada na Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS), e autora de Violência e gênero em notícias do Oeste Paranaense (Paco Editorial, 2012).

 

 

PARTICIPAM DA COLETÂNEA:

 

Ana Maria Colling
Ana Maria Marques
Céli Regina Jardim Pinto
Circe Bittencourt
Cláudia R. Nichnig
Diogo Roiz
Doracina Aparecida de Castro Araujo
Flavio Limoncic
Glenda Mezarobba
Ida Lewkowicz
Ilsyane R. Kmitta
Izabel Andrade Marson
Joana Maria Pedro
Joana Neves
Jonas Rafael dos Santos
Leila Leite Hernandez
Lidiane Soares Rodrigues
Marcos Napolitano
Margareth Rago
Maria Bernadete Ramos Flores
Maria do Rosario Mortatti
Maria Ligia Coelho Prado
Maria de Mello e Souza
Marisa Saenz Leme
Natalia Pietra Méndez
Raquel Barreto
Rebeca Gontijo
Regina Horta Duarte
Rosa Fátima de Souza Chaloba
Selva Guimarães
Soraia Carolina de Mello
Tania Regina de Luca
Tania Zimmermann
Teresa Malatian
Tiago Alinor Hoissa Benfica
Victor Vigneron de la Jousselandière

Sobre os Autores:
Diogo Roiz - é Professor Associado na Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS), e autor de O curso de Geografia e História da FFCL/USP e a constituição de um campo disciplinar em São Paulo (Alameda, 2020). Suas pesquisas tem se preocupado com a constituição do campo disciplinar da História no Brasil, a história de historiadores e historiadoras, a formação do ofício de historiador e a história da historiografia.

Rebeca Gontijo - é Professora Associada do Departamento de História, do Programa de Pós-Graduação em História e do PROFHISTÓRIA da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro. Autora de O velho vaqueano. Capistrano de Abreu (7 Letras, 2013).

Tânia Zimmermann - é Professora Associada na Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS), e autora de Violência e gênero em notícias do Oeste Paranaense (Paco Editorial, 2012).

Formas de Pagamento