Seja bem-vindo!
Meu Cadastro Meus Pedidos Minha Compra 0 itens
Home Conselhos Editoriais Notícias Lançamentos Fale Conosco
 
 << Voltar
Educação
A Pesquisa em Literatura e Leitura na Formação Docente - Volume 3
Aleilton de Santana Fonseca, Gilmei Francisco Fleck, Luciene Souza Santos.
ISBN: 978-85-7591-545-5
Formato: 14 x 21 | Acabamento: Brochura
Páginas: 14 x 21 | Ano: 2020 | Edição: 1
Idioma: Português
Preço: R$ 64,00

- Experiências da Pesquisa Acadêmica à Prática Profissional no Ensino (Organização: Aleilton de Santana Fonseca, Gilmei Francisco Fleck e Luciene Souza Santos)

Sinopse:

A Coletânea A pesquisa em literatura e leitura na formação docente: experiências da pesquisa acadêmica à prática profissional no ensino composta por 3 volumes reúne textos de autores de diversas cidades e universidades do Brasil que têm nesta temática uma de suas preocupações mais relevantes. Abordada desde diferentes perspectivas teóricas e práticas, a temática é discutida pelos autores com um duplo olhar: o do pesquisador - que tem nela o seu objeto de estudo - e o do profissional da Educação - preocupado em ressaltar a dimensão que deveria ocupar a literatura e a prática de ensino da leitura nos currículos que levam à formação docente. Desse modo, programas como o Parfor, Letras e o Profletras dialogam, pelos textos reunidos, com a Graduação e a Pós-graduação em Letras de várias universidades para expor seus resultados nesta área de estudos.

O III Volume da Coletânea A Pesquisa em Literatura e Leitura na Formação Docente: experiências da pesquisa acadêmica à prática profissional no ensino contempla uma série de textos nos quais se discutem aspectos referentes ao fato de a Literatura ser uma arte que pode contribuir para provocar, no espaço da sala de aula e na vida mesmo do sujeito, reflexões acerca de temas diversos, como a construção histórica e social de nossa identidade, as relações interpessoais, muitas vezes problemáticas, e a valorização do espaço de origem latino-americano. Com os relatos de experiências de pesquisas em Literatura e Leitura, e a reflexão crítica que desses processos se elabora, incluindo vivências realizadas em diferentes segmentos do Ensino Superior que, muitas vezes, deram origem a projetos voltados ao Ensino Fundamental, desejamos encontrar ressonância em outros espaços, entre outros docentes e discentes de nosso vasto território. Desse modo estendemos as discussões da Coletânea à vida, à sociedade, espaços nos quais, de fato, desejamos que elas reverberem e empreendam as transformações frente à leitura e sua importância à formação cidadã.

SOBRE OS ORGANIZADORES:

Aleilton de Santana Fonseca possui Doutorado em Literatura Brasileira pela Universidade de São Paulo (1997), graduação em Letras Vernáculas pela UFBA, e mestrado em Literatura Brasileira pela UFPB (1992). É professor Pleno (Titular) da Universidade Estadual de Feira de Santana, onde leciona na licenciatura em Letras Vernáculas e na pós-graduação. Coordenou o programa PPGLDC (2008-2012). Desenvolve pesquisa e orienta trabalhos de pós-graduação, no projeto “Imagens urbanas na literatura brasileira” e no projeto “A guerra de Canudos: memórias e narrativas”. Escritor, produz ficção, poesia e ensaios. Publicou poesia, contos, romances e ensaios, como: Enredo romântico, música ao fundo (1996), Guimarães Rosa, écrivain brésilien centenaire (Bélgica, 2008) e O arlequim da Pauliceia: imagens de São Paulo na poesia de Mário de Andrade (2012). Publicou em conto: Jaú dos Bois e outros contos (1997), O desterro dos mortos (2001), O canto de Alvorada (2003), Les marques du feu et autres nouvelles de Bahia (França, 2008), e As marcas da cidade (2012), La femme de rêve (Canadá, 2013); Il sapore del le nuvole. (2015). Publicou os romances: Nhô Guimarães (2006), O pêndulo de Euclides (2009) e a novela Memorial dos corpos sutis. (2012).

Gilmei Francisco Fleck possui Pós-doutorado (2015) em Literatura Comparada e Tradução pela Universidade de Vigo, com Bolsa da CAPES. É Doutor e Mestre em Letras pela Universidade Estadual Paulista (Unesp), Campus de Assis. É especialista em Língua Espanhola e Respectivas Literaturas pela Universidade do Oeste de Santa Catarina (Unoesc), Campus de Xanxerê, e em Ensino de Inglês como Língua Estrangeira pela Unoesc, Campus de Chapecó. É graduado em Letras com Habilitação Português/Espanhol e Respectivas Literaturas e em Letras com Habilitação Português/Inglês e Respectivas Literaturas, ambas pela Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões (URI), de Frederico Westphalen-RS. Atualmente, é Professor Associado da Unioeste, Campus de Cascavel, atuando na Graduação em Letras, nas áreas de Literatura e Cultura Hispânicas, e na Pós-Graduação em Letras (Mestrado Acadêmico e Doutorado), nas áreas de Literatura Comparada e Tradução. No Mestrado Profissional (Profletras), atua como coordenador do Programa (2018-2020) e como docente na área da Literatura Infantojuvenil. É coordenador do PELCA: Programa de Ensino de Literatura e Cultura-PROEX/Unioeste-Cascavel. É líder do Grupo de Pesquisa “Ressignificações do passado na América: processos de leitura, escrita e tradução de gêneros híbridos de história e ficção - vias para a descolonização”, cadastrado na CAPES. Entre suas publicações se destacam vários artigos em revista nacionais e internacionais e capítulos de livros, sempre tratando do gênero romance histórico, sua trajetória e as possíveis leituras críticas dessa escrita híbrida. Contudo, referenciamos aqui a obra em parceria com Adenilson de Barros de Albuquerque, Canudos: conflitos além da Guerra - entre o multiperspectivismo de Vargas Llosa (1981) e a mediação de Aleilton Fonseca (2009), publicada em 2015 e sua obra O romance histórico contemporâneo de mediação: entre a tradição e o desconstrucionismo - releituras críticas da história pela ficção, publicada em 2017. Ambas as publicações foram realizadas pela editora CRV, de Curitiba.

Luciene Souza Santos possui Doutorado (2013) e Mestrado (2005) em Educação pela Universidade Federal da Bahia (UFBA). É graduada em Letras Vernáculas (1999) e Especialista em Metodologia da Língua Portuguesa (2002) pela Universidade Estadual de Feira de Santana (UEFS), na Bahia. Atualmente, é Professora Adjunta da UEFS, atuando na graduação de licenciaturas diversas, entre elas, Pedagogia e Letras, especificamente nas áreas de Alfabetização e Letramento, Literatura Infantil e Juvenil, Metodologia da Língua Portuguesa, Estágio Supervisionado de Língua Portuguesa e Literatura Brasileira e na Formação de Contadores de Histórias. A referida professora coordena o Mestrado Profissional em Letras\ProfLetras- Feira de Santana-BA (2018 - 2020) e atua como docente na área de Literatura Infanto-Juvenil e Elaboração de Projetos e Tecnologia Educacional. É coordenadora do Programa de Extensão “Observatório de Contação de Histórias” - PROEX/UEFS/Feira de Santana. É líder do Grupo de Pesquisa “Poéticas Orais” e colaboradora do Grupo de Pesquisa “FORMARSer”, cadastrados no diretório do CNPq. Entre as suas publicações destacam-se, além de capítulos de livros e artigos em periódicos, o livro Contação de Histórias: seguindo o curso de suas águas, pela EDUEFS. A professora atua, ainda, em grupos artísticos como narradora oral, especificamente na “Canastra Real: Contos em Cantos” e no “Conto das 7 Mulheres” onde pesquisa e empreende performances sobre o “Cancioneiro Brincante da Infância” e o “Conto de Tradição Oral”.

PARTICIPAM DESTA OBRA:

Adenilson de Barros de Albuquerque
Adriana Aparecida Biancato
Aleilton de Santana Fonseca (org.)
Ana Maria Klock
Andréa Betânia da Silva
Antonilma Santos Almeida
Aparecida de Fatima Peres
Arcielli Royer Nogueira
Charles Luciano dos Santos
Cristian Javier Lopez
Daniele dos Reis Santos Lima
Gilmei Francisco Fleck (org.)
Girlene Lima Portela
Keu Apoema
Leila Shaí Del Pozo González
Luciene Souza Santos (org.)
Lucivânia S. L. Rios
Marcos de Oliveira
Margarida da Silveira Corsi
Maria Cláudia Silva do Carmo
Rosmere Adriana Vivian Ottonelli

Sobre os Autores:
Aleilton de Santana Fonseca - Possui Doutorado em Literatura Brasileira pela Universidade de São Paulo (1997), graduação em Letras Vernáculas pela UFBA, e mestrado em Literatura Brasileira pela UFPB (1992). É professor Pleno (Titular) da Universidade Estadual de Feira de Santana, onde leciona na licenciatura em Letras Vernáculas e na pós-graduação. Coordenou o programa PPGLDC (2008-2012). Desenvolve pesquisa e orienta trabalhos de pós-graduação, no projeto “Imagens urbanas na literatura brasileira” e no projeto “A guerra de Canudos: memórias e narrativas”. Escritor, produz ficção, poesia e ensaios. Publicou poesia, contos, romances e ensaios, como: Enredo romântico, música ao fundo (1996), Guimarães Rosa, écrivain brésilien centenaire (Bélgica, 2008) e O arlequim da Pauliceia: imagens de São Paulo na poesia de Mário de Andrade (2012). Publicou em conto: Jaú dos Bois e outros contos (1997), O desterro dos mortos (2001), O canto de Alvorada (2003), Les marques du feu et autres nouvelles de Bahia (França, 2008), e As marcas da cidade (2012), La femme de rêve (Canadá, 2013); Il sapore del le nuvole. (2015). Publicou os romances: Nhô Guimarães (2006), O pêndulo de Euclides (2009) e a novela Memorial dos corpos sutis. (2012).

Gilmei Francisco Fleck - Possui Pós-doutorado (2015) em Literatura Comparada e Tradução pela Universidade de Vigo, com Bolsa da CAPES. É Doutor e Mestre em Letras pela Universidade Estadual Paulista (Unesp), Campus de Assis; especialista em Língua Espanhola e Respectivas Literaturas pela Universidade do Oeste de Santa Catarina (Unoesc), campus de Xanxerê, e em Ensino de Inglês como Língua Estrangeira pela Unoesc, campus de Chapecó; graduado em Letras com Habilitação Português/Espanhol e Respectivas Literaturas e em Letras com Habilitação Português/Inglês e Respectivas Literaturas pela Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões (URI), de Frederico Westphalen. Atualmente, é Professor Associado da Unioeste, campus de Cascavel, atuando na Graduação em Letras, nas áreas de Literatura e Cultura Hispânicas, e na Pós-Graduação em Letras (Mestrado Acadêmico e Doutorado), nas áreas de Literatura Comparada e Tradução. No Mestrado Profissional (ProfLetras), atua como coordenador do Programa (2018-2020) e como docente na área da Literatura Infantojuvenil. Foi coordenador do PARFOREspanhol da Unioeste-Cascavel, PR. É coordenador do PELCA: Programa de Ensino de Literatura e Cultura-PROEX/Unioeste-Cascavel. Atuou como coordenador da Segunda Licenciatura em Letras: PARFOREspanhol, da UnioesteCascavel, PR. É líder do Grupo de Pesquisa “Ressignificações do passado na América: processos de leitura, escrita e tradução de gêneros híbridos de história e ficção - vias para a descolonização”, cadastrado na CAPES. Entre suas publicações, destacam-se vários e artigos em revista nacionais e internacionais e capítulos de livros, sempre tratando do gênero romance histórico, sua trajetória e as possíveis leituras críticas dessa escrita híbrida. Contudo, referenciamos aqui a obra em parceria com Adenilson de Barros de Albuquerque, Canudos: conflitos além da Guerra - entre o multiperspectivismo de Vargas Llosa (1981) e a mediação de Aleilton Fonseca (2009), publicada em 2015, e a obra O romance histórico contemporâneo de mediação: entre a tradição e o desconstrucionismo - releituras críticas da história pela ficção, publicada em 2017. Ambas as publicações foram realizadas pela editora CRV, de Curitiba.

Luciene Souza Santos - Possui Doutorado (2013) e Mestrado (2005) em Educação pela Universidade Federal da Bahia (UFBA). É graduada em Letras Vernáculas (1999) e Especialista em Metodologia da Língua Portuguesa (2002) pela Universidade Estadual de Feira de Santana (UEFS), na Bahia. Atualmente, é Professora Adjunta da UEFS, atuando na graduação de licenciaturas diversas, entre elas, Pedagogia e Letras, especificamente nas áreas de Alfabetização e Letramento, Literatura Infantil e Juvenil, Metodologia da Língua Portuguesa, Estágio Supervisionado de Língua Portuguesa e Literatura Brasileira e na Formação de Contadores de Histórias. A referida professora coordena o Mestrado Profissional em LetrasProfLetras- Feira de Santana-BA (2018 - 2020) e atua como docente na área de Literatura Infanto-Juvenil e Elaboração de Projetos e Tecnologia Educacional. É coordenadora do Programa de Extensão “Observatório de Contação de Histórias” - PROEX/UEFS/Feira de Santana. É líder do Grupo de Pesquisa “Poéticas Orais” e colaboradora do Grupo de Pesquisa “FORMARSer”, cadastrados no diretório do CNPq. Entre as suas publicações destacam-se, além de capítulos de livros e artigos em periódicos, o livro Contação de Histórias: seguindo o curso de suas águas, pela EDUEFS. A professora atua, ainda, em grupos artísticos como narradora oral, especificamente na “Canastra Real: Contos em Cantos” e no “Conto das 7 Mulheres” onde pesquisa e empreende performances sobre o “Cancioneiro Brincante da Infância” e o “Conto de Tradição Oral”.

Formas de Pagamento