Seja bem-vindo!
Meu Cadastro Meus Pedidos Minha Compra 0 itens
Home Conselhos Editoriais Notícias Lançamentos Fale Conosco
 
 << Voltar
Histórias de Leitura
A Experiência Estética de Raul Brandão - Palavras, Destroços, Ruínas
Otávio Rios.
ISBN: 978-85-7591-306-2
Formato: 16 x 23 | Acabamento: Brochura
Páginas: 16 x 23 | Ano: 2014 | Edição: 1
Idioma: Português
Preço: R$ 32,20
Sinopse:

DE R$ 46,00 POR R$ 32,20

O livro A experiência estética de Raul Brandão - palavras, destroços, ruínas, tem a intenção - e poder-se-ia dizer que tem mesmo a pretensão - de ser um veículo de divulgação não apenas do livro-objeto sobre o qual se debruça, isto é, sobre Húmus, mas do procedimento de realização estética utilizado pelo escritor, que, nascido na Foz do Douro em 1967 e falecido em Lisboa em 1930, continua perfeitamente um contemporâneo nosso, passado um século. Se, por vezes, parecer ao leitor mais experiente e conhecedor da obra brandoniana que algumas análises poderiam ser mais exploradas, peço desculpas e esclareço que se trata de uma obra de iniciação no universo da sua ficção, não obstante também possa ser alvo de interesse daqueles que desejem, de alguma forma, observar o modo como entrelaço dois autores - um prosador e um filósofo - ao mesmo tempo tão distintos e com formas de expressão tão próximas, que são Raul Brandão e Walter Benjamin, para problematizar o tema da (re)configuração do romance no alvorecer do século XX, empreitada na qual o escritor nortenho foi, sem dúvida alguma, precursor e mola propulsora. O ensaio conjuga, em uníssono, o meu fascínio pela literatura portuguesa e o profundo interesse pela teoria literária, e a estudantes e estudiosos de ambas as áreas julgo que venha a ser útil.

SOBRE O AUTOR:

Otávio Rios - Professor Adjunto da Universidade do Estado do Amazonas (UEA), doutorou-se em Letras Vernáculas (Literaturas Portuguesa e Africanas) pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) com a tese De trapeiros e vencidos. Efabulação e história em Raul Brandão (2012), cuja investigação recebeu bolsa da Fundação Calouste Gulbenkian, de Lisboa. No seu percurso acadêmico observa-se especial interesse pelos estudos de narrativa portuguesa situada entre os finais do século XIX e princípios do século XX, privilegiando uma abordagem de escritores pouco prestigiados pela crítica, tais como Abel Botelho, António Patrício, Fialho de Almeida, Manuel Teixeira-Gomes e Raul Brandão, a quem também dedicou a sua dissertação de mestrado, ora publicada em volume pela Mercado de Letras. Além de investigador dos estudos de fim-de-século, cuja produção bibliográfica está registrada em quase duas dezenas de artigos e capítulos de livros publicados no Brasil e no exterior - além dos livros organizados, integra o corpo diretivo da Associação Brasileira de Professores de Literatura Portuguesa desde 2010. Atualmente realiza Estágio Pós-Doutoral (2013/2014) junto ao Instituto de Literatura Comparada Margarida Losa da Faculdade de Letras da Universidade do Porto, com o projeto “Fialho de Almeida (1857-1911) e o legado expressionista em Portugal”, tendo sido contemplado com bolsa da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes).

Sobre os Autores:
Otávio Rios - Doutorado em Letras pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Pós-Doutorado (2013/2014) no Instituto de Literatura Comparada Margarida Losa da Faculdade de Letras da Universidade do Porto. Professor Adjunto da Universidade do Estado do Amazonas (UEA). Membro da diretoria da Associação Brasileira de Professores de Literatura Portuguesa (Abraplip) desde 2010, atualmente exerce a função de Presidente na gestão 2014/2015. É autor da obra A Experiência Estética de Raul Brandão - Palavras, Destroços, Ruínas (Mercado de Letras 2014).

Formas de Pagamento