Seja bem-vindo!
Meu Cadastro Meus Pedidos Minha Compra 0 itens
Home Conselhos Editoriais Notícias Lançamentos Fale Conosco
 
As Dimensões da Formação Humana
As Faces da Lingüística Aplicada
Caminhos da Construção
Cenas do Cotidiano Escolar
Coleção Desconstruindo a Violência
Coleção Educação Estatística
Coleção Fazer A_Parecer
Coleção Insubordinação Criativa
Coleção Psicologia em Perspectiva
Coleção TerramaR
Desenvolvimento Humano e Práticas Culturais
Discurso e Ensino
Educação
Educação e Psicologia em Debate
Ensaios em Interculturalidade
Estudos da Linguagem
Gêneros e Formação
História, Ciências Sociais e Economia
Histórias de Leitura
Idéias Sobre Linguagem
Leitura e Bibliotecas Escolares
Leituras no Brasil
Letramento, Educação e Sociedade
Letras em Série
Lingüística
Lingüística e Psicanálise
Literatura
Memória e História da Educação
Mercado de Letras Fundamental
Mercado de Letras Saúde
Mercado de Letras Temas
Série Aurora
Série Bakhtin - Inclassificável
Série Caminhos da Neurolinguística Discursiva
Série Drogas, Política e Cultura
Série Educação Geral, Superior e Formação Continuada do Educador
Série Educação Matemática
Série Espaços da Linguística de Corpus
Série Estudos do Léxico
Série Estudos em Políticas Públicas e Educação
Série Literatura, Leitura e Educação Infantil
Teoria Literária
 
Detalhes da Obra Mercado de Letras •
Práticas Educativas - Educação Escolar e Não Escolar

(Organização: Antônio Basílio Novaes Thomaz de Menezes, Maria Inês Sucupira Stamatto e Marlúcia Menezes de Paiva)

• Antônio Basílio Novaes Thomaz de Menezes
• Maria Inês Sucupira Stamatto
• Marlúcia Menezes de Paiva

DE: R$ 62,00   POR: R$ 43,40

O que caracteriza a Educação Não-Escolar? Ao nos debruçarmos na literatura da área, é comum encontramos a definição de uma por oposição à outra. Outras vezes, encontramos terminologia diferentes referendando educação realizada extramuros da escola. Esses termos como Educação Formal, Educação Informal, Educação Não-Formal, Ensino Aberto, Educação Popular fazem referência a Educação Escolar e Não-Escolar com outra nomenclatura ou são formas diferentes de educação? Podemos ainda nos questionar se na educação informal não há intencionalidade na ação educativa, e se dentro dos muros escolares não há formas de educação não-formal? A partir destas reflexões, o livro foi organizado em duas partes: práticas escolares e práticas não-escolares. Na primeira parte, o conjunto de capítulos traz experiências da educação formal escolar; analisam o movimento surgido na sociedade brasileira dos fins do século XIX e primeiras décadas do século XX, o higienismo, que adentrando os muros escolares, tornou-se um elemento organizador do espaço escolar e foco do processo de ensino. A segunda parte, leva a discussão para as experiências não-escolares. Assim, os acervos das tradições culturais desses rincões sertânicos constituem o objeto do sexto capítulo, apontando para a importância das práticas educativas não-escolares.

SOBRE OS ORGANIZADORES:

Antônio Basílio Novaes Thomaz de Menezes - Professor do Programa de Pós-Graduação em Filosofia (PPGFIL) e do Programa de Pós-Graduação em Educação (PPGED) da Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Membro do grupo de pesquisa Fundamentos da Educação e Práticas Culturais, desenvolve a pesquisa “A presença do Higienismo no discurso educacional potiguar: saberes e práticas nas primeiras décadas do século XX” sobre a presença do higienismo no discurso educacional e a relação saber-poder naquilo que diz respeito ao ser vivo e a gestão da vida em torno da organização dos saberes e da prática medica no discurso pedagógico. E-mail: antoniobasilio62@gmail.com

Maria Inês Sucupira Stamatto - Professora Titular do Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Federal do Rio Grande do Norte possui Licenciatura e Bacharelado em História e Mestrado em Ciência Política pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), Doutorado em História - Études des Sociétés Latinoaméricaines - Universite de Paris III e pós-doutorado em Educação (Université du Québéc à Montreal UQAM). Desenvolve as pesquisas “Livro Didático: História do ensino de História no Brasil (1808-2008)” e “A Lei e a Escola: uma história da escola no Brasil (1808-2008)” respectivamente sobre o processo de institucionalização da disciplina História, no Brasil, especialmente através dos livros didáticos; e a institucionalização da escola no Brasil, tendo como foco a legislação sobre educação (1808-2008). E-mail: stamattoines@gmail.com

Marlúcia Menezes de Paiva - Professora Titular do Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Federal do Rio Grande do Norte possui graduação em Pedagogia pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte, doutorado em Educação: História e Filosofia da Educação, pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo e pós-doutorado em educação na Ècole des Hautes Études en Sciences Sociales e na Universidade Federal do Rio de Janeiro. Desenvolve a pesquisa “História das práticas escolares e não escolares no Rio Grande do Norte (1940-1996)” sobre os  espaços de formação escolares e não escolares, as práticas socioeducativas no Nordeste do Brasil, observando as formas de produção, apropriação e difusão dessas práticas em distintas configurações dos modos de educar. E-mail: marluciapaiva@hotmail.com

SOBRE OS AUTORES:

Flávio José de Oliveira Silva - Professor da Universidade Potiguar/UNP, Doutorando em Educação pela UFRN, possui graduação em Pedagogia, Mestrado em Educação pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Pesquisador de grupos itinerantes ou populações nômades do RN e do Brasil, participa do Comitê Estadual de Educação em Direitos Humanos e desenvolve pesquisas sobre grupos itinerantes com foco para os ciganos. E-mail: flavio.silva@unp.br

Heloisa Helena Pimenta Rocha - Possui Graduação em Pedagogia pela Universidade Federal do Maranhão, Mestrado em Educação pela Universidade Estadual de Campinas, Doutorado em Educação pela Universidade de São Paulo, com estágio de pós-doutorado na Universidad de Buenos Aires. É professora na Faculdade de Educação e no Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Estadual de Campinas. Bolsista de Produtividade em Pesquisa do CNPq. Pesquisadora associada do Centro de Investigación MANES (UNED/Espanha), membro do Comitê Científico Internacional da coleção “Biblioteca del Centro di documentazione e ricerca sulla storia delle istituzioni scolastiche, del libro scolastico e della letteratura per linfanzia”; da Università degli Studi del Molise, membro do Conselho Assessor da revista Historia y Memoria de la Educación (Espanha). E-mail: heloisah@unicamp.br

Janaina Silva de Morais - Mestranda em Educação, Bacharel em Turismo e Graduada em Pedagogia pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte, integra o Grupo de Pesquisa História da Educação, Literatura e Gênero - UFRN. Desenvolve a pesquisa “O Grupo Escolar Joaquim Nabuco - história e práticas educativas (Taipu/Rio Grande do Norte, 1919-1940)” sobre a história dos Grupos Escolares do Rio Grande do Norte, especialmente, o Grupo Escolar Joaquim Nabuco, com destaque para análise das práticas educativas de professoras que exerceram a docência nessa instituição de ensino. E-mail: janinha_turismo@yahoo.com.br

José Olivenor Souza Chaves - Professor da Universidade Estadual do Ceará e do curso de História e do Mestrado Acadêmico Intercampi em Educação e Ensino, da Faculdade de Filosofia Dom Aureliano Matos - FAFIDAM, campus da UECE.Ppossui graduação em História pela Universidade Federal do Ceará (1991), mestrado em História pela Universidade Federal de Pernambuco (1995) e doutorado em História pela Universidade Federal de Pernambuco (2002).  Realizou o Pós-doutorado em Educação na Universidade Federal do Rio Grande do Norte desenvolvendo o projeto “O Ensino de História local nas escolas do Vale do Jaguaribe: demarcando sentidos”. E-mail: olivenor@hotmail.com

José Mateus do Nascimento - Pedagogo, possui Doutorado em Educação pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Atua na área de Educação, com ênfase em História da Educação, História Social da Infância e passa a atuar em pesquisas relacionadas às práticas pedagógicas e a formação docente no Núcleo de Pesquisa em Educação do IFRN - Campus Natal Central. É Vice Coordenador do Programa de Pós-Graduação em Educação Profissional do IFRN. Coopera com o Grupo de Estudos Fundamentos da Educação e Práticas Culturais (CE/UFRN), colabora com o Grupo de Estudos e Pesquisas Educação, Etnias e Economia Solidária (UFPB/CCAE - Campus IV) e é líder do Núcleo de Estudos sobre Educação, Gênero e Diversidade (Diac/IFRN-CNAT). E-mail: zenmateus@gmail.com

Juliana da Rocha e Silva - Graduada em Pedagogia e Mestra em Educação pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte é aluna de Doutorado da UFRN e desenvolve o projeto “O caráter inovador da concepção de higiene escolar proposta por Luiz Antonio dos Santos Lima frente à legislação educacional norte-rio-grandense (1889-1927)” sobre a concepção de higiene escolar pensada por Luiz Antonio dos Santos Lima, em sua obra Hygiene Mental e Educação (1927) e a sua relação com a legislação educacional vigente entre 1889 a 1930, no Rio Grande do Norte. E-mail: julianarocha41@hotmail.com

Maria Arisnete Camara de Morais - Professora Titular do Departamento de Fundamentos e Políticas da Educação do Centro de Educação e no Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN). Coordena o Grupo de Pesquisa História da Educação, Literatura e Gênero. É pesquisadora do CNPq. É Licenciada em Letras pela UFRN (1970); Mestre em Educação pela UFRN (1983); Doutora em Educação pela Universidade Estadual de Campinas (1996). Realizou estágio de Pós-Doutorado na École de Hautes Études en Sciences Sociales (EHESS), Paris-França. Desenvolve a pesquisa “História da Leitura e da Escrita no Rio Grande do Norte (1910-1980)”. E-mail: arisnete@terra.com.br

Maria da Conceição Passeggi - Licenciada em Letras pela Universidade Federal do Ceará. Doutora em Linguística e Mestre em Letras Modernas pela Université Paul Valéry (Montpellier-França). Pós-Doutora em Educação pela PUCRS e Université de Paris 13 (2011-2012). Professora Titular do PPGEd- UFRN, Líder do Grupo Interdisciplinar de Pesquisa, Formação, Autobiografia, Representações e Subjetivade (GRIFARS-UFRN-CNPq). Pesquisadora de produtividade CNPq. Suas pesquisas tematizam as narrativas autobiográficas e as escritas de si como método de pesquisa e dispositivos de formação e focalizam a reflexividade autobiográfica como disposição humana promotora da reinvenção permanente das representações de si e do outro. E-mail: mariapasseggi@gmail.com

Miguel Almir Lima de Araújo - Possui Graduação em Filosofia, Mestrado e Doutorado em Educação pela Universidade Federal da Bahia. Atualmente é professor pleno da Universidade Estadual de Feira de Santana/UEFS. Coordena o grupo de Pesquisa Núcleo de Investigações Transdiscipnares-NIT, inscrito no CNPQ.  Desenvolve a pesquisa “Coexistência Entre Cultura/s e Educação: as intensidades dos repertórios simbólicos e polifônicos da/s Cultura/s no cotidiano das ações de educar” sobre as expressões das culturas regionais e locais no cotidiano das ações de educar. E-mail: malmir2@gmail.com

Nanael Simão de Araújo - Graduado em História e Licenciando em Pedagogia pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte CERES/Campus de Caicó/RN. Faz Mestrado em Educação pelo Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Integra o Grupo de Pesquisa História da Educação, Literatura e Gênero. Desenvolve a pesquisa: “Professoras primárias do Seridó Norte-rio-grandense (1927-1947)” sobre as práticas de professoras primárias da Região do Seridó com ênfase no ensino da leitura e da escrita. E-mail: nanaelsimao@yahoo.com.br

Roberta Ceres Antunes Medeiros de Oliveira - Mestranda em Educação pelo Programa de Pós-graduação em Educação (PPGEd) da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN). Especialização em Ensino de Língua Portuguesa e Matemática numa Perspectiva Transdisciplinar pelo Instituto Federal do Rio Grande do Norte (IFRN). Graduação em Pedagogia pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (2011). Pesquisa as narrativas infantis sobre a percepção de jovens atores sociais e a dos professores quem os acompanham em escolas, abrigos e hospitais. E-mail: oliveiraroberta_ceres18@hotmail.com

Simone Maria da Rocha - Professora doutora da UFERSA possui Licenciatura Plena em Pedagogia pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte, onde realizou o Mestrado e Doutorado em Educação. Seu foco de interesse volta-se para o trabalho com as narrativas autobiográficas e histórias de vida de crianças hospitalizadas e professores. Desenvolve pesquisa sobre “o atendimento educacional hospitalar das crianças de 0 a 5 anos: um estudo das características da implementação de uma classe hospitalar na educação infantil no HOSPED (UFRN)”. E-mail: siufrn@gmail.com

Walter Pinheiro Barbosa Junior - Professor do Programa de Pós-Graduação em Educação da UFRN. Possui Graduação em Pedagogia, Mestrado em Educação e Doutorado em Educação pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte, atuando principalmente nos seguintes temas: Gestão Democrática com foco em Conselho Escolar e Sertão. Desenvolve a pesquisa “Educação Andrógina: o conflito entre os Princípios Feminino e Masculino no Grande Sertão de Rosa” sobre  o conflito entre o masculino e feminino existente em Riobaldo e Diadorim, na perspectiva de pensar as possibilidades de uma educação andrógina. E-mail: walterjrnatal@hotmail.com

Zuleide Fernandes de Queiroz - É Professora Associado da Universidade Regional do Cariri - URCA, Professora Adjunto da Faculdade de Juazeiro do Norte e Faculdade de Medicina de Juazeiro do Norte Possui graduação em Pedagogia, Mestrado em Educação, Doutorado em Educação pela Universidade Federal do Ceará e estágio Pós-Doutoral no Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Desenvolve a pesquisa “Fontes para a História da Educação no Cariri Cearense” sobre a reconstituição histórica das instituições escolares da região do Cariri Cearense no período de 1875 a 1976.
E-mail: zuleide.queiroz@urca.br

 
 
Por: R$ 43,40
ISBN: 978-85-7591-457-1
Páginas: 248
Formato: 14 x 21
Altura: 0
Largura: 0
Comprimento: 0
Acabamento: Brochura
Edição:
Idioma: Português
Ano: 2017
 
 
Forma de Pagamento :